Brasil

[Brasil][bsummary]

Ciência e Tecnologia

[Ciência e Tecnologia][list]

anuncie



Comissão da Seca questiona atraso no pagamento de pipeiros


Audiência pública da Comissão Especial da SecaFoto: Marcos Moura

O atraso no pagamento dos pipeiros que fazem parte da “Operação Carro Pipa” no Ceará, abordado em uma matéria do Diário do Nordeste esta semana, foi um dos temas debatidos pela Comissão Especial da Seca, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (23/10), na Assembleia Legislativa. Presidido pelo deputado João Jaime (DEM), o encontro também contou com a presença do presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), José Maria Pimenta.


De acordo com João Jaime, grande parte das reclamações recebidas pela Comissão é relacionada ao atraso dos pagamentos dos trabalhadores da operação. O parlamentar também destacou que populares não aguentaram a situação e foram à imprensa denuciar que cerca de quatro mil famílias em 32 comunidades rurais do município de Iguatu, na região Centro-Sul, ficaram sem água por falta de pagamento aos pipeiros.

A matéria, que saiu no jornal, afirma que há vários dias que o carro pipa não faz a distribuição de água para os moradores. “O objetivo dessa reunião é pedir explicações sobre o atraso no pagamento e buscar alternativas para normalizar o problema de abastecimento d’água”, frisou o deputado.

O coordenador da Defesa Civil do Ceará, Élcio da Silva, disse que estava ciente dos problemas enfrentados pela população de Iguatu, e que o depósito do dinheiro já tinha sido realizado para a empresa responsável pelo abastecimento. Élcio também afirmou que, atualmente, a operação atende 55 municípios no Estado, e que o atraso no pagamento se deu por uma falha no depósito do repasse, que só foi autorizado 30 dias após a liberação. No entanto, ainda este mês a situação irá normalizar. “Temos que entender que estamos em situação de anormalidade. Estamos enfrentando a pior seca dos últimos 40 anos. Mesmo com tantas dificuldades, entre elas, a de alugar carros pipa; chegar a locais distantes e encontrar fontes de captação de água potável, a Defesa Civil trabalha para atender toda a população e suas demandas”, destacou.

Como alternativa para minimizar o problema do aluguel de carros pipa, João Jaime destacou que o Governo poderia apresentar um projeto para comprar as pipas e apenas alugar os caminhões para a distribuição de água. Além de usar tratores para atender as regiões mais distantes e com dificuldade de acesso. “Com as suas próprias pipas, o Estado poderá fazer um controle mais rigoroso da água que está sendo distribuída”, afirmou.

O presidente da Ematerce, José Maria Pimenta destacou a finalização da distribuição de 30 mil toneladas de milho aos agricultores cearenses. José Maria afirmou que até agora, cerca de 31.600 agricultores já receberam o produto. O Governo do Estado liberou R$ 1 milhão para concluir a distribuição via caminhão. “Para minimizar os efeitos da estiagem no Ceará, a presidente Dilma Rousseff já liberou a distribuição de mais 30 mil toneladas”, informou.

Também participaram da reunião os deputados Dedé Teixeira (PT), Fernanda Pessoa (PR) e Welington Landim (Pros).

Fonte: Agência Assembleia
Raimundo Moura

Radialista formado, blogueiro, graduando em serviço social e Conselheiro Tutelar, atualmente apresento o Programa Alerta Geral Vale do Curu pela 91.9 de Pentecoste e colaboro com o Jornal Integração da Atitude FM de Itapajé.

Comente
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook

Nenhum comentário :



Entretenimento

[Entretenimento][grids]

Saúde

[Saúde][bsummary]

Negócios

[Negócios][twocolumns]

Esportes

[Esportes][threecolumns]