Brasil

[Brasil][bsummary]

Ciência e Tecnologia

[Ciência e Tecnologia][list]

anuncie



AÇÃO VIOLENTA: Dois bancos atacados em Apuiarés

Os criminosos usaram artefatos para explodir os caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da agência do Bradesco

Uma quadrilha formada por seis homens, armados com pistolas e escopetas de calibre 12, atacou, na madrugada de ontem, a cidade de Apuiarés (128Km de Fortaleza), explodiu dois caixas eletrônicos das agências do Banco do Brasil e Bradesco, e, em seguida, fugiu levando o dinheiro que havia nos equipamentos. Na fuga, o bando ainda incendiou um carro que havia sido roubado em Fortaleza.

Segundo a Polícia, o ataque dos criminosos ocorreu pouco minutos após a meia-noite, quando a cidade estava tranquila e os quatro policiais responsáveis pela segurança do Município tinham acabado de fazer uma ronda na cidade. Os PMs foram surpreendidos quando estavam nas dependências do destacamento e, sob fogo cerrado, não tiveram como reagir. Os ladrões dispararam tiros contra uma viatura do programa Pró-Cidadania, deixando os militares sem veículo.

Este foi o 39º ataque a banco no Estado do Ceará somente neste ano e aconteceu dois dias após a Polícia apreender cerca de uma tonelada e meia de explosivos que estavam estocados clandestinamente em uma residência, no Município de Itaitinga. Nas investigações, as autoridades descobriram que os artefatos estavam sendo vendidos a ladrões de bancos.



Na agência do Bradesco, o prédio ficou destruído em consequência da detonação dos explosivos. No local, também foram encontradas cédulas manchadas de tinta. A gerência não revelou o valor roubado pelos assaltantes Fotos: Alex Costa

Tiros

"Eles chegaram atirando. Ouvimos a primeira explosão, depois vários tiros em direção ao destacamento e, logo em seguida, a segunda explosão", contou à Reportagem o sargento PM Simão Pedro Gonçalves de Lima, comandante do Destacamento da PM de Apuiarés.

Conforme apurou a Polícia, os assaltantes estavam fardados e chegaram em Apuiarés em um Polo prata com placas de Fortaleza. Logo em seguida, se dirigiram à agência do Banco do Brasil e efetuaram a primeira detonação de artefatos no caixa eletrônico. O equipamento ficou completamente destruído.

Logo depois, a invasão foi à agência do Bradesco, situada na Rua 25 de Janeiro, em frente à Praça Alcides Paraíba, em pleno Centro de Apuiarés. Os criminosos voltaram a detonar explosivos no caixa, chegando a queimar várias notas de diversos valores. "Mas, algumas pessoas disseram que eles saíram com um saco, o que pode ser mesmo dinheiro", contou um dos PMs.



O comandante do Destacamento da PM de Apuiarés, sargento Simão Pedro, mostra uma marca de tiro disparado pelos assaltantes na viatura do programa Pró-Cidadania. Os militares foram rendidos, sem ter como reagir na hora do assalto

Destruição

Nas duas agências invadidas pela quadrilha um rastro de destruição podia ser visto ainda na manhã de ontem.

Conforme o sargento Simão Pedro, no ataque à unidade da Polícia Civil, vizinha ao Destacamento da PM, os criminosos chegaram gritando palavrões contra os militares e atiraram para esvaziar os pneus da viatura do Pró-Cidadania.

Nas paredes da Unidade Policial ficaram várias marcas de tiros. Ninguém, porém, foi ferido durante o episódio.

Segundo as autoridades, na fuga, os ladrões seguiram pela rodovia CE-341 e, cerca de dois quilômetros da cidade, entraram numa estrada vicinal que dá acesso à localidade de Providência e ao Município de Pentecoste. Logo depois, os assaltantes atravessaram o Polo na estrada e o incendiaram. O carro, que tinha as placas HPR-6159 (CE), ficou completamente destruído.

Até a noite passada, a Polícia Militar fazia buscas na área. Em apoio aos policiais de Apuiarés foram deslocadas patrulhas das cidades vizinhas, como Pentecoste e General Sampaio, além da Força Tática de Apoio (FTA) do 4º BPM (Canindé) e do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque.

Mas, até a noite passada, ninguém havia sido preso. Os bancos não revelaram o valor da quantia roubada das agências.



A poucos quilômetros da cidade, os bandidos incendiaram um carro utilizado na fuga. O carro foi deixado atravessado numa estrada vicinal para impedir a passagem das viaturas da PM. Até a noite passada, nenhum suspeito havia sido detido na área

Balanço

Desde o começo do ano, já são 39 ataques a bancos, sendo a maioria no Interior do Estado. Agora já são seis assaltos com uso de explosivos. Neste mesmo período, a Polícia prendeu 49 envolvidos nos roubos.

Número

39 ataques a bancos ocorreram no Ceará somente neste ano. Em seis deles, os ladrões utilizaram artefatos para explodir os cofres ou os caixas eletrônicos

FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA

Fonte: Diário do Nordeste
Raimundo Moura

Radialista formado, blogueiro, graduando em serviço social e Conselheiro Tutelar, atualmente apresento o Programa Alerta Geral Vale do Curu pela 91.9 de Pentecoste e colaboro com o Jornal Integração da Atitude FM de Itapajé.

Comente
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook

Nenhum comentário :



Entretenimento

[Entretenimento][grids]

Saúde

[Saúde][bsummary]

Negócios

[Negócios][twocolumns]

Esportes

[Esportes][threecolumns]