Brasil

[Brasil][bsummary]

Ciência e Tecnologia

[Ciência e Tecnologia][list]

anuncie



Prefeituras de São Gonçalo do Amarante e Guaiuba terão encontros com Sindquímica e Simec

Representantes das prefeituras de São Gonçalo do Amarante e Guaiúba, na região metropolitana de Fortaleza, reúnem-se nos dias 30 (às 8h) e 31 de julho (às 17h), respectivamente, na Federação das Indústrias do estado do Ceará (FIEC), com empresários ligados ao sindicatos da Indústria Química (Sindquímica) e Metal-Mecânica (Simec) para discutir a possibilidade da instalação de condomínios industriais naqueles municípios, bancados pelos dois sindicatos.


A ideia do condomínio vem sendo gestada em conjunto pelos dois organismos ligados à FIEC, como alternativa para que empresas que estão enfrentando dificuldades em vários aspectos possam expandir suas atividades em Fortaleza, ou em outros municípios. As dificuldades, explica Marcos Soares, presidente do Sindquímica, dizem respeito à mobilidade urbana, logística e questões ambientais, dentre outras.

Antes de São Gonçalo e Guiaúba, os dois sindicatos já tinham se reunido com o prefeito e gestores de Itaitinga, quando foi apresentado o projeto. Na ocasião, o prefeito Abel Rangel garantiu aos empresários que dispõe de uma área na qual pretende instalar um distrito industrial, que poderia ser ocupada pelo condomínio. Neste momento, disse, o projeto do DI encontra-se em análise pela Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), aguardando para ser iniciado o trabalho de infraestrutura. De acordo com o gestor municipal, a área seria de 105 hectares, localizada fora da sede municipal, mas com fácil acesso. Ele afirmou que no terreno não haveria edificações, o que poderia facilitar os processos de desapropriação.

Na ocasião, foi formado grupo de trabalho para discutir a elaboração de um projeto, além de atuar de forma conjunta na possível solução de gargalos que venham a gerar empecilhos à execução do condomínio. O primeiro encontro ocorreu no último dia 15, na FIEC, quando ficou acertado que os sindicatos iriam providenciar um levantamento a respeito das necessidades das empresas quanto a energia e telecomunicações, dentre outros aspectos ligados à logística para a instalação no condomínio. Por parte da prefeitura, ficou definido que será iniciado o levantamento topográfico da área, bem como os contatos com os oito proprietários dos 105 hectares a serem colocados à disposição pelo município, para efeito de indenização. O grupo de trabalho volta a se reunir dia 5 de agosto, com vistas à apresentação dos levantamentos.

Segundo o presidente do Sindquímica, Marcos Soares, a discussão com os gestores de Itaitinga não inviabiliza o contato com outros municípios, já que a intenção inicialmente dos dois sindicatos era ouvir mais de uma proposta, analisando as condições colocadas. "Não há impeditivo, mesmo porque temos de nos basear pelo que for mais vantajoso."

Fonte: Antonio Viana
Raimundo Moura

Radialista formado, blogueiro, graduando em serviço social e Conselheiro Tutelar, atualmente apresento o Programa Alerta Geral Vale do Curu pela 91.9 de Pentecoste e colaboro com o Jornal Integração da Atitude FM de Itapajé.

Comente
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook

Nenhum comentário :



Entretenimento

[Entretenimento][grids]

Saúde

[Saúde][bsummary]

Negócios

[Negócios][twocolumns]

Esportes

[Esportes][threecolumns]