Brasil

[Brasil][bsummary]

Ciência e Tecnologia

[Ciência e Tecnologia][list]

anuncie



FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA SÃO PRESOS POR TENTAREM INCINERAR MEDICAMENTOS

 
Servidores da prefeitura municipal de Irauçuba foram presos nesta terça-feira dia 16 por cometerem crime ambiental. Os mesmos tentavam incinerar uma grande quantidade de medicamentos com prazo de validade vencida. Os três acusados que tiveram a identidade preservada pela policia ficaram toda à tarde desta terça-feira na delegacia de Irauçuba prestando esclarecimentos sobre a ocorrência. Os mesmos estavam acompanhados de uma advogada da prefeitura que os orientou a não dar entrevistas. 

A ocorrência foi atendida pela policia militar de Irauçuba sob o comando do sargento Wagner e o inspetor da policia civil Fred. A perita Fátima Pinheiro da perícia forense de Sobral esteve no lixão local em que o medicamento seria incinerado e fez um relatório dando as informações para a polícia. 

Em entrevista ela disse que o procedimento apesar de não ser legal é a única forma necessária para ser dado destino final a medicamentos nesta situação uma vês que se não incinerados podem ser comercializados ou doados para pessoas que podem se prejudicar tomando estes medicamentos.

 Ela disse ainda que nos municípios do interior por não possuírem um forno próprio para este tipo de ação o ideal mesmo é levar os medicamentos até uma área não residencial e queimá-los desde que, as autoridades do município tomem conhecimento de tal atividade. Toda a carga de medicamentos que estava na carroceria de uma D-20 da prefeitura ficou na delegacia para ser catalogada para as informações serem colocadas no inquérito policial.







POLICIA REVELA IDENTIDADE DOS QUATRO FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA DE IRAUÇUBA PRESOS POR CRIME AMBIENTAL

A Policia Militar revelou a identidade dos quatro funcionários da Prefeitura de Irauçuba presos na manhã desta terça-feira (16) acusados de crime ambiental.
João Batista Filho, Marcos Daniel Gomes Duarte, José Evanio Pinto de Azevedo e Antonio de Sousa Marques, quês que é o Coordenador de Vigilância Sanitária do município. Os quatro foram flagrados quando tentavam incinerar uma grande quantidade de medicamentos com prazo de validade vencida no lixão da cidade. Os acusados foram autuados com base na Lei 9605/98 que trata sobre crimes ambientais.

Fonte: Blog do Clesio Marques
Raimundo Moura

Radialista formado, blogueiro, graduando em serviço social e Conselheiro Tutelar, atualmente apresento o Programa Alerta Geral Vale do Curu pela 91.9 de Pentecoste e colaboro com o Jornal Integração da Atitude FM de Itapajé.

Comente
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook

Nenhum comentário :



Entretenimento

[Entretenimento][grids]

Saúde

[Saúde][bsummary]

Negócios

[Negócios][twocolumns]

Esportes

[Esportes][threecolumns]